15 de agosto de 2017

PinguWine #5 | Faina Maior Baga Bairrada Bruto (Branco 2014)

Mais uma edição desta rubrica que vos dá a conhecer algumas novidades dentro da vitivinicultura. Hoje o protagonista é o espumante “Faina Maior”.


“Faina Maior Baga Bairrada branco 2014” é um espumante Blanc de Noirs, feito 100% a partir da casta (tinta) Baga. No seu contrarrótulo pode ler-se um texto que apela à bravia das gentes da terra de Ílhavo:

“ide, ó gentes bravias. Quebrai as ondas revoltas e as tormentas dos oceanos. Rogai à proteção divina por mar chão. E regressai, sempre e depressa, trazendo para terra o cheiro e os sabores do sal e das águas. Esta é a homenagem desta Bairrada, de homens e mulheres que moldam e trabalham a terra, às gentes de Ílhavo, da pesca do bacalhau. A todos os que, em bacalhoeiros e dóris, levaram Portugal pelo Mundo, buscando a sorte. Em cada garrafa deste espumante estão os desejos, os sonhos e, até, os medos de todos aqueles que, ao longo dos séculos, fizeram e fazem da vida uma faina, grande e dura, uma Faina Maior.”


Como “Faina Maior” intitula-se a pesca do bacalhau à linha, praticada por homens e navios portugueses durante os séculos XIX e XX, nos longínquos mares da Terra Nova e da Gronelândia.

Um património fascinante e lendário, uma história plena de drama e heroísmo. As campanhas, sazonais, estendiam-se de Abril a Novembro de cada ano. O trabalho era duro e as jornadas diárias podiam estender-se até às vinte horas. Ílhavo, terra de lendários e corajosos marinheiros, é o lugar de memória desta pesca.

A memória dos que viveram as aventuras de uma faina de dureza incomparável está no Museu Marítimo de Ílhavo, onde a Sala da Faina Maior Capitão Francisco Marques apela aos sentidos e exprime um duplo significado: evocação e homenagem a todas as comunidades que deram homens à “grande pesca”.


Ficha técnica:
PVP – 10€
Álcool: 12.0%
Acidez total: 6.26g/L
pH: 3.10

Características deste espumante:
Após uma prensagem muito delicada das uvas, aproveitando-se apenas o primeiro mosto, este fermentou durante 15 dias em cubas de inox a temperatura controlada. A elaboração seguiu o método clássico, com a segunda fermentação em garrafa e em Cave, onde esteve durante 20 dias a 14.5ºC. Seguiu-se um período de 28 meses de estágio em Cave. De cor amarela palha, com ligeiras nuances blush, este "Baga Bairrada” tem um aroma intenso, com notas de frutos secos e vermelhos, tosta e biscoito. Na boca é muito fresco, seco e longo. Confirmam-se as sensações aromáticas percecionadas no olfato. Ideal para acompanhar bacalhau, mas também canapés, peixe, carnes brancas ou vermelhas magras.

Quem aí já conhece esta novidade? Curiosos?
Contem-me tudo!

Até lá, bons post's ;)

4 comentários: