12 de março de 2018

Restaurante | O Dia Em Que A Avó Não Teve Consideração

O sábado passado foi dia de estar com amigos e decidimos ir a um restaurante que já tínhamos ido - o Museu d'Avó.

Restaurante


Quem é do Porto já deve ter ouvido falar deste restaurante, localizado na Travessa de Cedofeita (actualmente em obras), no centro da cidade.


Eu já tinha ido a este restaurante duas vezes, em ocasiões diferentes, e sempre fui bem atendido. Não me posso queixar. Este sábado que passou foi a terceira vez que fui ao restaurante. E última!

Dizem que "à terceira é de vez" e eu não podia estar mais de acordo.


"Oh Pinguim, mas afinal, o que é que se passou?

Para quem não sabe, o Museu d'Avó funciona por turnos, ou seja, existe um primeiro turno onde as pessoas podem ir jantar (das 19h30 às 22h) e um segundo das 22h às 4h, hora a que fecha. Muitos restaurantes aqui do Porto (e certamente noutros locais do país) adoptaram este sistema - vantajoso para alguns, para outros nem por isso.

Tendo chegado lá às 20h30, e não tendo reserva, a funcionária número 1 (vamos chamar assim), com o seu cabelo loiro e camisa vermelha, disse-nos que tinha apenas uma mesa, mas que às 22h (na mudança de turno) tínhamos que deixar a mesa, pois estava tudo reservado.

Restaurante

Como havia "tempo de sobra para jantar", concordámos e sentámo-nos à mesa. Para "despachar" o nosso pedido, pedimos de imediato o nosso jantar (o restaurante é de tapas).

O tempo passou. E passou. E passou. E continuou a passar...


Até que abordámos a funcionária número 2, de camisola branca, que, no seu ar muito tímido, nos informou que ia tentar perceber o que se estava a passar com o nosso pedido, pois não era normal o dito atraso.

Como a funcionária número 2 se "perdeu" no percurso mesa-balcão, e como começámos a ver pessoas que entraram depois de nós a serem servidas primeiro, tivemos que interpelar uma outra funcionária - a número 3 - nuestra hermana - e exigir uma explicação.

Rapidamente, nuestra hermana chega à nossa beira e diz-nos que houve um problema no nosso pedido, pois este nunca chegou à cozinha. Desta forma, não havia o nosso pedido registado, daí não estarmos com o nosso jantar à frente.

Explicámos a nuestra hermana que tínhamos hora para sair e, uma vez que faltava pouco menos de meia hora para sairmos, como ela poderia entender, não íamos estar a abduzir a comida em tempo recorde por causa deles.

Restaurante

Eis a resposta dela: "Não se preocupem com a hora de ir embora. O erro foi nosso. Nós assumimos a responsabilidade. Não precisam de comer com stresse".

Posto isto, ficámos mais descansados e reforçámos o nosso pedido. No minuto a seguir, vemos à nossa frente os dois pedidos que fizemos. Achámos estranho o segundo pedido ter chegado de forma tão pronta, mas com a fome que tínhamos, começámos a comer e não se falou mais nisso. Aliás, a nossa "revolta" desvaneceu, por momentos, porque tínhamos gostado da atitude do restaurante.

O TANAS!!!!!!!!!!!!!!


22h25. Como ainda tínhamos fome (éramos 5 pessoas bastante esfomeadas e de "bom sustento"), decidimos pedir nova rodada de comida.

Chega a funcionária número 1, de camisa vermelha, cabelo louro e com "ar de enjoada" perguntar o que queríamos. Depois de lhe explicarmos que queríamos fazer novo pedido, eis a resposta dela: "Peço desculpa, mas não vos podemos servir mais comida. Já tenho a reserva das 22 horas à espera há 10 minutos e não temos tempo nem espaço para vos servir mais comida".

Nós: "Mas a sua colega (nuestra hermana) disse para não nos preocuparmos com as horas, porque o erro tinha sido vosso e que vocês iam assumir a responsabilidade"

Loira enjoada: "Pois, mas não vos posso servir mais comida porque a reserva está à espera. Querem sobremesa ou café?"

Nós: "Não! Queremos a conta para ir embora" (Longe de nós querermos fazer com que a reserva esperasse mais tempo)

NOTA: Foda-se!! Se não havia "tempo nem espaço" para nos servir comida, também não havia "tempo nem espaço" para nos servir sobremesa ou café, certo?!


Chegada a conta, entregue pela funcionária número 1 com um ar de quem comeu mexilhão estragado (e de outras coisas que tais que não posso aqui dizer porque parece mal), pagámos, pedimos a factura e viemos embora.

Restaurante

É de lamentar este tipo de atendimento. Profissionalismo zero. Consideração pelos seus clientes abaixo de zero. Respeito pelos clientes: qual respeito?

De salientar que não volto a colocar lá os pés, pois quem não tem consideração pelos seus clientes, não merece que eu lá vá. Para além que a falta de comunicação bem patente foi o que piorou a nossa experiência. 

Acredito que quem tenha ido já a este restaurante, ou quem vá regularmente, se calhar foi bem atendido e acredito que sim. Duas das vezes que lá fui, fui bem atendido. Esta última, esqueçam!

Observações: obviamente, compreendemos e sabemos que os culpados não são as pessoas que estavam à espera que a sua mesa ficasse livre (e que nos fulminaram com os olhos quando saímos). Os únicos culpados aqui são os funcionários do restaurante que não tiveram consideração pelos seus clientes, para além que uns diziam uma coisa e outros diziam outro.

A loira enjoada aparentava ser chefe de sala e a ela posso só dizer-lhe uma coisa. "Vais longe assim, vais".

Quem aí conhece este restaurante? Que tal a vossa experiência?

10 comentários:

  1. Como odeio mau serviço, repelo-me toda!!
    Muito mau...

    ResponderEliminar
  2. Olha que não conhecia, mas também não gostei do atendimento que tiveste, já frequentei alguns e nunca me aconteceu nada assim
    Beijinhos
    Novo post (Conjunto Novo) // CantinhoDaSofia /Facebook /Intagram
    Tem post novos todos os dias

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também já tinha ido lá algumas vezes e não me aconteceu nada disto. Este sábado foi para esquecer. Falta de profissionalismo e a atitude deles foram deploráveis!

      Eliminar
  3. Já tinha ouvido falar do restaurante, mas ainda não tive oportunidade de ir lá. Depois de ler a tua experiência, acho que vou pensar duas vezes antes de o fazer.
    Erros acontecem a todos, é inevitável. O mesmo não acontece com o desrespeito, esse já é opcional. E é lamentável quando esse género de atitudes acontecem

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro que sim, toda a gente erra. Agora este tipo de atitudes só lhes ficou mal!

      Eliminar
  4. Para isso existem os livros de reclamações. Bem sei que o seu objetivo maior são as queixas referentes à confecção da comida, apresentação e higiene do espaço e blá blá blá, mas desrespeito pelos clientes é algo que não pode ser aceite!

    Não conheço o espaço, mas fiquei sem vontade de conhecer. Lamentável :(

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A falta de comunicação entre a equipa pecou imenso neste caso. Sim, existe o livro de reclamações, mas, tal como dizes, é para razões maiores (digamos assim)... é de lamentar este serviço.

      Eliminar
  5. Obrigado Mister Ricardo :D Sempre um gosto receber comentários assim!

    :o Estou em choque. Não conhecia o espaço e, muito possivelmente, nunca lá vou pôr os pés! A par de serem pessoas contraditórias e de não funcionarem bem em equipa (viu-se pela falta de informação) têm pouca consideração pelos clientes... Ainda por cima vocês estavam a comer bem (falando em termos de quantidade, por assim dizer)!! Enfim! -.-'

    NEW TREND ALERT POST | T-SHIRTS THAT SPEAK FOR YOU. :O
    InstagramFacebook Official PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O meu grupo de amigos come sempre bem xD mas, sim, estávamos a comer bem e ficámos mais "descansados" quando nos vieram dizer que se responsabilizavam e que podíamos estar à vontade, sem preocupação com as horas. Depois veio a falta de comunicação e estragou tudo... enfim. Eu nem convidado volto lá.

      Eliminar