Veneza | Como Tirar O Maior Partido Desta Cidade? - Parte 2

Um pouco tarde, mas aqui está a segunda parte deste roteiro por Veneza.

Veneza | Como Tirar O Maior Partido Desta Cidade? - Parte 2

"Antes tarde que nunca", certo? #Rindo. Neste texto vou falar de alguns lugares icónicos de Veneza - e os mais conhecidos quando ouvimos falar de Veneza - para além de outros locais que visitei e que considero bons sítios para visitar - para quem não quer ficar apenas pelo centro.

Vamos lá?


Basílica di San Marco

Quando uma pessoa pensa em Veneza, pensa na Basílica, certo? A Basílica foi iniciada em 832 para albergar o corpo de São Marcos, roubado quatro anos antes em Alexandria, por mercadores venezianos. Durante quase mil anos serviu de "capela" privada dos doges e núcleo espiritual da cidade, acumulando os frutos decorativos de um milénio para emergir como o mais exótico híbrido europeu de arquitetura ocidental e bizantina.

Veneza | Como Tirar O Maior Partido Desta Cidade? - Parte 2

O edifício original (destruído em motins) foi substituído em 978 e, em 1094, com a igreja desta última data a constituir a maior parte do que se vê hoje em dia (quando não está em obras).

É cansativo admirar os tesouros da basílica, pois são muitos e as multidões permanentes podem revelar-se um desafio. Há que observar a parte exterior durante algum tempo antes de entrar (se tiverem sorte, porque eu apanhei a basílica em obras #Raisparta), nomeadamente a "Transladação do Corpo de São Marcos para a Basílica" (1260-1270) sobre a porta mais à esquerda, os únicos mosaicos originais da fachada ocidental, e os magníficos entalhes romanescos (1240-1265) sobre a porta central.

A entrada custou-me 29 euros e tive acesso a "skip the line ticket", a áudio-guia, acesso ao terraço e ainda à Pala d'Oro, um altar em tela com mais de 2600 pérolas, rubis, esmeraldas e outras pedras preciosas incrustadas. Indescritível e só quem o vê é que consegue perceber a beleza deste altar.

Palazzo Ducale

Em Itália há imensos edifícios góticos, mas o Palazzo Ducale é, de longe, o mais fascinante: assento do doge e sede de diversos gabinetes de Estado de Veneza durante quase mil anos.

Veneza | Como Tirar O Maior Partido Desta Cidade? - Parte 2

O primeiro palácio ducal, terminado em 814, era uma fortaleza sóbria erigida num dos poucos redutos de terra da lagoa. Foi reduzido a cinzas em 976, assim como a que lhe sucedeu, em 1106. Por volta de 1419, o palácio estava na sua terceira - e última - encarnação.

Três anos mais tarde, o salão grande, ou Sala del Maggiore Consiglio, foi concluído - um dos muitos acrescentos feitos no interior. Por volta de 1550, a maior parte da obra estava terminada. Foi assolado por incêndios em 1574 e 1577, que destruíram obras-primas de grandes pintores de Veneza e ameaçaram a estrutura. Os trabalhos de restauração prosseguiram até à década de 1880.

Veneza | Como Tirar O Maior Partido Desta Cidade? - Parte 2

No exterior, há que apreciar a Ponte dos Suspiros, encaixada num canal na ponta oriental do palácio, e o belo recanto das esculturas. Para além disso, há que observar os entalhes dos pilares e capiteis e a magnífica porta principal do palácio - a Porta della Carta (1438-1443), com os famosos cavaleiros, ou tetrarcas, à esquerda. Algo que também devemos procurar é a Scala dei Giganti.

Veneza | Como Tirar O Maior Partido Desta Cidade? - Parte 2

NOTAS: o bilhete que comprei custou 59 euros e tive acesso a visita com guia em espanhol (porque os italianos a falar inglês é, só, indecifrável), acesso às prisões Piombi (onde Giacomo Casanova se escapou) e ainda entrada no Museo Correr (falado mais à frente) e era um bilhete "skip the line".

Piazza San Marco

Posso já adiantar que estava praticamente vazia. Quer dizer, havia pessoas, claro - tem sempre - mas, comparado com as multidões que se vê em Julho e Agosto em Veneza (eu fui em Junho), estava vazia. O que não considero mau #Rindo.

Veneza | Como Tirar O Maior Partido Desta Cidade? - Parte 2

Napoleão descreveu a praça principal de Veneza como o "salão de visitas da Europa", mas, se viesse as multidões de hoje em dia, provavelmente não seria tão elogioso. Nesta Piazza podemos encontrar o famoso café Florian (equivalente ao café Majestic aqui no Porto) em que pagam "apenas" 7 euros pelo café, acrescidos de 6 euros de "taxa de orquetra", por pessoa.

Campanile

Aqui não conseguem bilhetes "skip the line" - têm que esperar na fila para entrar, mas não encontram grandes filas aqui. O bilhete custa 10 euros e têm de apanhar o elevador para subir a torre sineira da basílica e apreciar as vistas que podem chegar aos Alpes.

Veneza | Como Tirar O Maior Partido Desta Cidade? - Parte 2

O campanário original que, com 98.5 metros era o edifício mais alto da cidade, datava do século XI. A erosão e fundações rasas levaram a torre à ruína e a colapsar a 14 de Julho de 1902. Foi reconstruído, por insistência dos venezianos, e inaugurado a 25 de Abril de 1912, exatamente mil anos após o seu predecessor. Desta vez tinha menos 650 toneladas e era suportado por mais de mil estacas.

Museo Correr

Considerado um dos melhores museus e coleções de quadros de Veneza. Grande parte da coleção foi reunida pelo respeitável veneziano Abbot Teodoro e oferecida à cidade em 1830. Foi imediatamente guardada nos edifícios a sul da Pizza San Marco, usados antes como apartamentos imperiais durante a ocupação francesa (1797-1814). Hoje, estas salas sumptuosas fazem parte da visita e dão para as galerias históricas principais que documentam a história veneziana.

Torre dell'Orologio

Esta torre foi erigida entre 1496 e 1506 em Veneza. O mostrador em pedra no exterior exibe as 24 horas em numeração romana; no interior podem ver-se os signos do zodíaco e as fases da Lua. É uma "torre" que pode passar despercebida mas vale a pena parar uns minutos para apreciar a sua beleza. Como é óbvio e habitual em qualquer monumento veneziano, vemos um leão alado, representando São Marcos.

Veneza | Como Tirar O Maior Partido Desta Cidade? - Parte 2

Chiesa di Santa Maria dei Miracoli

Quem não for "apreciador" de igrejas, provavelmente não verá nesta Igreja motivos para uma visita. Uma pequena nota: o bilhete de entrada tem o valor de 3 euros e os mármores desta igreja são incríveis.

Veneza | Como Tirar O Maior Partido Desta Cidade? - Parte 2

A igreja foi erigida para albergar uma imagem da Virgem, pintada em 1409 e originalmente destinada a ser colocada no exterior de uma casa. Os milagres ("miracoli") começaram a ser associados em 1480, originando uma corrente de donativos que permitiram às autoridades encomendar uma igreja a Pietro Lombardo.

Sendo um dos principais arquitetos da época, Lombardo criou um edifício que assentava os seus efeitos quase totalmente em sombras, matizes e cambiantes, revestindo a igreja numa variedade de mármores tons de mel, painéis pórfiros e embutidos em serpentina.

Veneza | Como Tirar O Maior Partido Desta Cidade? - Parte 2

O melhor está nos entalhes nas duas colunas que sustentam o coro das freiras (junto da entrada), nas figuras de meio corpo na balaustrada defronte do coro elevado e no exotismo na base das colunas do coro. O espantoso teto (1528), obra de Pier Pennachi, retrata 50 santos e profetas. "Nossa Senhora e a Criança", a imagem milagrosa que levou à edificação da igreja, embeleza o altar principal.

Veneza | Como Tirar O Maior Partido Desta Cidade? - Parte 2

Riva degli Schiavoni

Vamos considerar esta zona como um paredão com esplanadas de restaurantes e cafés onde podem passear e apreciar o sem-número de gôndolas "estacionadas". Era aqui que passava os finais de tarde, a ver as barraquinhas de vendas de souvenirs e ainda telas (comprei uma tela-em-óleo que já está emoldurada e só falta pendurar acima do sofá da minha sala de estar).

Veneza | Como Tirar O Maior Partido Desta Cidade? - Parte 2

Termino, desta forma, o roteiro por Veneza. Existem mais sítios que podem visitar, mas estes foram aqueles que visitei, pois eram do meu interesse. Veneza vai ter sempre um significado especial para mim, pois deixou-me uma lembrança no organismo - Covid.

Sim, cheguei num sábado e no domingo comecei a sentir sintomas que associei às diferenças de temperatura entre temperatura exterior (máximo de 30 graus) e o ar condicionado no hotel (16 graus), mas não. As dores na garganta, nariz congestionado e garganta arranhada era mesmo o vírus a manifestar a sua presença. Os sintomas foram ligeiros, mas ainda sinto (no dia em que escrevo este texto - 16 de Julho de 2022) o nariz congestionado e os ouvidos.

Espero que tenham gostado destes textos e, brevemente, espero voltar aqui ao blogue com mais textos (não sobre viagens. mas dois deles já estão pensados, pelo que não serão sobre viagens). "Nos entretantos", podem seguir-me no instagram - @ricardoalrodrigues - e no TikTok - @ricardoalrodrigues.

Quem ficou com vontade de conhecer Veneza? Quem já foi?

Sem comentários:

O Pinguim Sem Asas. Todos os direitos reservados. Com tecnologia do Blogger.